29 de setembro de 2008

WLTF#2


Saiu a 2ª edição da WLTF!
Já havia falado dela antes por aqui e, desde que a descobrí, espero ancioso pelo próximo número.
Acho um conceito muito interessante.

Vai lá conferir!

27 de setembro de 2008

A velha fita K-7

Recebí a visita de um amigo hoje e, papo vai, papo vem, lembrei que meses atrás eu encontrei uma velha fita K-7 onde ele fazia uma participação especial. Hehehehe! Na fita eu gravei conversas, "programinhas" (talk shows) feitos junto com minha irmã.

Nossa! Eu rí demais com o que ouví lá! Até cantando eu estou! Adorava cantar ... pena que não era/sou bom!
Isso tem uns 6 anos e eu sinto muita saudade daquela época boa. Tudo parecia ser mais fácil e simples. Ou será que hoje eu é que não vejo as coisas de forma simples?! Pode ser.

Falando em K-7, fiz uma lista com umas músicas que julgo serem boas. Confira e comente ;)
Já que hoje não tem balada o jeito é colocar uma "K-7" e curtir um som em casa mesmo.


MixwitMixwit make a mixtapeMixwit mixtapes



Se gostou e quer fazer uma tape desta também, vai lá no Mixwit! Você pode até criar um perfil, add amigos, integrar seus sites de ralcionamento, Twitter e muito mais! Além de poder compartilhar suas tapes em vários locais na rede!

26 de setembro de 2008

Daniel Radcliff?!!

Juro que me espanto cada vez que vejo fotos atuais do "bruxinho"!

Já que hoje é sexta ...

Vou deixar um vídeo que eu achei bem interessante e animado. Uma vibe anos 80 com Cyndi Lauper, Ann Wilson, Nancy Wilson, Wynona Judd, Amy Grant e o Destiny's Child cantando interpretando "Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun)".

Carência da porra !!!

Não vou me prolongar neste post, até porque não vai ajudar em nada. Mas na falta de alguém até pra falar sobre, eu venho aqui no blog e ponho pra fora.

Nossa, eu tenho andado muito mal ultimamente e solicitando a atenção de todos, mais de alguns que de outros, obviamente. É que de alguns eu realmente espero mais. Mas esse é o problema! Esperar. Não deveria, mas espero. Sempre nos surpreendemos com o inesperado e boas surpresas nos dão um certo ânimo, certo?

Bom ... De qualquer forma existem coisas que realmente eu não entendo. Não entendo o fato de eu namorar e não ter contato diário como antes (ainda que por SMS). Única explicação que tenho é que não há mais sentimento e que não é recíproco o que sinto. E olha que já ouví até que sou como alguém da família! Devo ser como aquele primo afastado que odo mundo tem e não faz questão de saber dele. Enfim ...

Sabe aquela música do Zeca Pagodinho?! Pois eu tô cantando assim: "Você sabe o que é namorado? Nunca ví, nem comí, eu só ouço falar"

Boa sexta! ;*
Talvez eu ainda escreva algo hoje - I don't know

25 de setembro de 2008

PhotoFlexer.com

Pra quem curte brincar com fotografias esse site é legalzinho e bem simples.
Dá pra você trabalhar a iluminação, corrigir olhos vermelhos, adcionar efeitos e ainda pode salvar seus trabalhos em vários ambientes da net, como Flickr, Picassa, MySpace etc, ou no seu próprio PC.

Fiz uma brincadeirinha sem noção com imagens e palavrinhas [/noscencemodeon] xP
Confere aí e comenta o que achou ;)


Gostou? Vai lá e faz a sua! E se puder posta aqui pra gente ver :P

Pieces of My Life So Far

Esse blog tem andado bem down ultimamente, mas como canta o Pato Fu (e este é o Blog do Pato), " ... vou sorrir querendo chorar ... "
Compreensível, não?

Então ...
Vou tentar manter os posts curtos e simples. Eu acordei hoje e fui ouvir o álbum Simple Things da Amy Grant. Sempre que ouço ele eu o comparo com o anterior, o Behind The Eyes. Acho interessantíssimo como 2 álbuns se diferem tanto. Tanto no título quanto em seu conteúdo. Amy mantém suas idéias e crenças, mas está muito mais madura.

Pra você entender a diferença:

Behind The Eyes (1997): Fala de percas, de separação. Foi neste período que Amy divorciou-se de seu marido Gary Chapman, com o qual teve 3 filhos. O título nada mais é que uma afirmação de que o álbum lhe mostrará a Amy mãe, esposa e cristã, ainda que com sua fé abalada pela luta de se manter um lar e não conseguir. Você chega a sentir o sofrimento dela em baladas folk, como em "Takes a Little Time", ou nas mais melosas melodias country do Teneesse, como em "Missing You".

Simple Things (2003): Lançado anos depois, é atualmente o mais recente trabalho de inéditas dela. Nota-se uma grande mudança do quadro geral de sua vida e carreira. Agora vemos uma Amy bem mais tranquila e com muitas perspectivas. Casada com Vince Gil (atual marido) e mãe de mais uma criança (agora são 4 no total - bens a Deus!). Sentimos sua alegria em "Happy" e até conseguimos ver a beleza das coisas simples da vida em "Simple Things", faixa que dá título ao álbum.

Anos depois o que temos de material inédito dela? Seu livro "Mosaic - Pieces of My Life So Far", que ainda está sem título pro Brasil e acho que permanecerá assim! Queria o livro justamente pra ver além de suas músicas. Ela cita os momentos que a levaram a compor suas faixas e expõe um pouco de sua vida pessoal.
O que eu acho interessante é justamente como precisamos, ainda que neguemos, de alguém ao nosso lado. Acho que o homem não consegue viver sozinho e, se consegue, é fato que vive-se bem melhor acompanhado.

Estou numa fase Behind The Eyes e espero chegar à Simple Things.
Encerro meu post com um trecho de "Takes a Little Time":

"To get the Titanic turned back around
It takes a little time sometimes
But baby you're not going down
It takes more than you've got right now
Give it time"

18 de setembro de 2008

Não leve a mal!

Vivo com uma série de questionamentos, mas não tenho quem me dê as respostas. Mas todo mundo não é assim? Analiso e vejo que muito do que vivemos serve para nos fortalecer, mas então percebo que não estou mais forte que antes e sim mais fraco, mais frágil, mais carente e mais vulnerável.

Hoje eu caí aos prantos escutando "Stay For a While" da Amy Grant. Linda essa canção. Linda e muito, muito boba! Sou um bobo. Fato! Apaixonado e sempre, SEMPRE disposto a apostar tudo por um amor que eu acredito valer a pena! Mas a música não fala do amor de namorados, fala do gostar, do querer estar junto e perto de alguém que importa muito pra você.

Ninguém lhe faz companhia se não quiser. Ou pelo menos ninguém deveria fazer isso. Mas tenho estado inseguro. Estão comigo por que razão? Querem mesmo estar comigo? Eu lhe faço bem? Eu lhe faço feliz? Eu lhe conforto? Eu lhe completo? Estas são algumas das perguntas que passam na minha cabeça.

Quando alguém muda a maneira como te trata esses questionamentos são inevitáveis (acho). Mas estou errado em temer? Não quero estar certo. Quero muito estar errado! Muito mesmo. Continuo acordando querendo alguém pra dar bom dia e deitando querendo dizer boa noite, mas muitas vezes falo sozinho. Sou lembrado? Desejado? Sou algo valioso? Ou sou só mais um numa lista de contatos?

Nessas horas eu queria não ter sentimentos. Mas como disse, quero estar errado! Deve haver uma razão para isso tudo. Para o silêncio, para o "bom dia" que não tenho mais e o "durma bem" (que expressava algo do tipo 'queria estar com você') que simplesmente sumiu em meio a toda uma névoa que esconde uma grande parede protetora e aparentemente impenetrável.

O duro é esperar um beijo que não chega, um abraço que nunca está disponível e três palavrinhas que não são mais ditas. Mas eu espero. Eu tenho planos. Muito do que vivo hoje se apóia na esperança de que isso tudo acabe. Estou me apoiando no local errado? Talvez. E talvez eu não queira me apoiar em outras coisas.

"Por favor não leve a mal, eu só quero que você me queira! Não leve a mal!"

16 de setembro de 2008

A Oi agora também será TV!


E volto a falar da TNL PCS S/A (Oi para os íntimos).
Apesar do serviço de telefonia móvel estar uma merda (pelo menos aqui em Fortaleza - isso que dá transformar todos em ligadores), a Oi é de longe uma das empresas mais inovadores em telecomunicação atualmente.

Pois não é que agora a Oi será TV! E ela até já está atuando em 4 cidades de Minas Gerais. Leia mais clicando aqui.

Parece que o céu é o limite para a Oi.

12 de setembro de 2008

A TV Show não facilita nada!

Este mês eu comprei meu PC e estou a procura de um bom serviço de banda larga. A TV Show disponibiliza velocidades a partir de 192kbps, então me interessei bastante (uma vez que já sou assinante). Apesar da tecnologia ser meio duvidosa eu quis me informar pra ver se compensava, né? Mas logo ví que não compensa. Simplesmente me cobraram R$ 600,00 pela adesão!!! Fora os R$ 100,00 do moden. Mensalidade: R$ 69,90 + R$ 50,00 de provedor Rapix. Assalto a mão armada. Melhor arrasar no Oi Velox que ganho mais!

Mas não acaba por aí! Também me interessei pelo pacote Platinum fornecido pela mesma. A mensalidade só difere em R$ 7,00 da que pago hoje, então eu ganharia mais, certo? Errado! Acho que a TV Show NÃO se importa com upgrades ou com novos clientes para outros serviços fornecidos. Eles me cobraram simplesmente R$ 80,00 pra fazer essa troca de plano alegando que precisaria trocar a tecnologia de recepção.

Resultado: Continuo cliente Prata e sem internet (por enquanto).
Queria mudar pra NET e tentar colocar Virtua, mas estou fora de cobertura.
Opções: Oi Velox (facada) ou Clao 3G (furada). E aí? Sugestões?

5 de setembro de 2008

[ ... triste verdade ... ]

Esses dias tenho pensado muito em como valorizamos algumas coisas na vida, mas vejo que o que mais importa são as pessoas que passam por ela. Mais interessante ainda é que muitas destas pessoas só passam. Outras ficam. E tem ainda as que não ficam, mas deixam uma marca profunda.

É intrigante ver que o ser humano pode viver muito bem sem alguém que posteriormente pode se tornar quem mais desejará ter ao lado e não se imaginará sem, após conhecer. Esse alguém torna-se parte da gente de uma forma indescritível.

Isso é assustador e muitos temem tanto que se negam a viver e não se permitem experimentar esta sensação. Ou até experimentam, mas por algum motivo começam a criar um antídoto contra esta "dependência". A realidade é que você passa a ser parte daquela outra pessoa a qual ama (ou pelo menos quer ser). Mas e se a tal pessoa não quiser ou não estiver mais disposta a aceitar isso pra ela? O que fazer? Não se pode obrigar alguém a se entregar.

E mesmo que tudo esteja bem, há sempre a triste verdade: Nada é para sempre!
Não sei se fico feliz por amar ou se acabo com minha dor e desejo ter um coração de pedra.
Alguma sugestão?

Novo clipe do CSS


Já que hoje é sexta, nada melhor que começar o fim de semana com música.
Eu deixo vocês com o novo clipe do Cansei de Ser Sexy - Move.
Bem divertido e alegre pra dar um up na semana!

Editora Abril não entrega brinde nunca !!!

Já perdí a conta de quantas vezes liguei para Editora Abril cobrando uma mochila que fiquei de receber ao efetuar uma assinatura da revista Mundo Estranho. Conforme a promoção eu receberia o brinde 35 dias após efetuar o pagamento da 1ª parcela. O fato é que eu já paguei todas as parcelas e até agora nada deste brinde! E pior! Sempre que entro em contato com a empresa (seja por e-mail ou telefone) eles me dão um prazo de 30 dias (isso mesmo, um mês) e informam que posso ficar despreocupado pois não ocorrerão mais atrasos.

Tudo bem! Vou aguardar mais 30 dias e depois me dirijo ao Procon. E olha que nem estou mencionando o atraso na entrega dos exemplares, hein! Se somar com isto aí a coisa fica realmente feia.

Portanto, se pensar em assinar ou aproveitar alguma promoção da Abril, cuidado e boa sorte!

3 de setembro de 2008

Mais "Blogy" legal!

Acho que dá pra perceber que sou novato na blogosfera. Já tive outros blogs antes deste, mas todos seguiam a linha fotolog. Eram hospedados pela Oi e eu postava pelo celular na maioria das vezes. Coisa simples.
Desde que comecei o Blog do Pato! passei a pegar gosto pela coisa e a admirar alguns blogueiros. Sou meio analfabeto digital e muito do que tenho aprendido é na marra ... Hehehehe!

Enfim ... Navegando por aí eu descobrí mais um Blogy (com y pq é mais chique) legal que trata de cultura pop de forma bem humorada em posts leves que dão gosto de ler (não cansativos). Então não posso guardar o ouro só pra mim =]

[/ficadica]
Vai lá! Veja se lhe agrada também ;)