29 de fevereiro de 2008

[cabeça cheia]

Ultimamente tenho pensado muito sobre a morte
A minha principalmente
Imagino como poderia morrer
Até penso em dar uma ajudinha pra isso, mas não gostaria de sentir a dor
Imagino que deve haver algum medicamento que possa levar ao hóbito sem que haja sofrimento
[acho]
Bem ...
Eu só penso em quem apareceria para o velório
Ou em caso de internação em quem iria me ver
Pra quem eu realmente importo
T_T

20 de fevereiro de 2008

SAUDADE ...

Saudade
É aquela dor no peito
Que reflete o desejo
De contigo sempre estar
Saudade
É o grito sufocado
Da lembrança de um passado
Que jamais irá voltar
Saudade
De chamar pelo teu nome
De sentir o teu perfume
De ouvir a tua voz
Saudade
De vencer as nossas lutas
Do amor que nem a morte
Poderá nos separar
por: Cristina Mel